Tempos livres

segunda-feira, 29 de março de 2010

Peregrinação a Fátima a pé #1

Eis o programa da Peregrinação a Fátima a pé.

 

6 de Abril
03h30 - Concentração na Escola
04h00 - Partida
08h00 - Breve paragem em Amoreira
12h30 - Almoço na recta da Tornada
14h30 - de novo a caminho
Breve paragem em Stº António das Carrascas
Silêncio
Reagrupamento em Mendalvo
Chegada a Alcobaça

7 de Abril
06h30 - Recomeçar caminhada
Oração do terço no atalho
Breve paragem na Cruz da Légua
12h30 - Almoço na Escola Secundária de Porto de Mós
14h30 - de novo com o pé na estrada
rezando e cantando em Alqueidão da Serra
Curta pausa em São Mamede - vestir a t-shirt "Eu Vou!"
18h45 - Chegada ao Santuário
19h - Aos pés de Maria
Jantar no Verbo Divino

8 de Abril
09h00 - Pequeno Almoço
10h00 - Festa da Reconciliação
13h00 - Almoço em família
15h30 - Eucaristia
17h30 - Tempo livre
20h00 - jantar
22h30 - de novo com Maria

9 de Abril
09h00 - Pequeno Almoço
10h30 - Festa da Despedida
12h30 - Almoço
14h30 - regresso a casa

Semana Santa...

Eis que chegamos a mais uma semana Santa. A maior de todas as semanas, não por ter mais dias mas porque nesta semana se comemora a Páscoa do Senhor. Ainda vamos a tempo nestes últimos dias da Quaresma de converter o nosso coração à mensagem do Senhor. Ainda há tempo para nos reconciliarmos e fazer desta Pascoa, também a nossa pascoa. Uma passagem da morte e do pecado à vida nova da graça de povo santo de Deus.

Ontem, celebrou-se o Domingo de Ramos na Paixão do Senhor, aclamamos Cristo como Rei e logo depois gritámos, crucifica-O! É assim o nosso dia-a-dia, se num momento Deus é tudo para nós, no momento seguinte, quando nos é pedido um testemunho vivo gritamos “Crucifica-O”. Silenciar a voz de Deus é uma forma leve de por tudo para trás das costas e fazer do dinheiro e do prazer o nosso rei.

Que nestes dias que nos separam das festas pascais sejamos capazes de ouvir a voz do Senhor e à semelhança de Pedro que depois de negar 3 vezes o Senhor, chorou amargamente e reconheceu o seu pecado.

 

Senhor,  que oraste por mim no jardim das oliveiras, para que a minha fé não desfalecesse, ajuda-me a enfrentar os meus vícios e pecados e a anunciar que Tu és Rei e que sem Ti nada podemos, pois o teu jugo é suave e o teu fardo é leve. Amen

 

sexta-feira, 26 de março de 2010

Toda a nossa glória...

Toda a nossa glória está na cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Por ela fomos salvos, a eterna divida foi paga no madeiro da cruz. De objecto de sacrifício tornou-se porta de salvação.

Recordar a Paixão do Senhor é  um passo para a nossa conversão.

Que o Senhor crucificado faça brotar do nosso coração um profundo ardor missionário que nos leve a testemunhar que toda a nossa glória está na cruz de Nosso Senhor.

 

(Foto: Cruz da Igreja da Santíssima Trindade)

terça-feira, 23 de março de 2010

Não fostes vós que Me escolhestes, mas fui Eu que vos escolhi (Jo 15, 16).

Não fostes vós que Me escolhestes, mas fui Eu que vos escolhi (Jo 15, 16).

 

 

            Estas palavras levam-nos a contemplar as maravilhas do Senhor, fomos predestinados para cumprir a missão que Ele tem para cada um de nós. Sim, Ele escolhe cada um de nós para lhe confiar uma missão, não segundo os nossos méritos, mas segundo a Sua vontade.

            É com alegria e comoção que recordo as palavras do Evangelho de S. João «as minhas ovelhas escutam a minha voz. Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-me» (Jo 10, 27). Ele chama-nos continuamente e fica feliz quando de coração arrependido e sincero, cada um aceita a sua missão.

O Bom Pastor que dá a vida pelas Suas ovelhas e que não deixa que nenhuma delas seja arrebatada, confiou-me o ministério de ser portador e difusor da Sua Palavra, para que possa levar aos irmãos a Sua Palavra e o Seu Preciosíssimo Corpo e Sangue, manancial celeste, que nos leva a uma união mais íntima e profunda com o Criador.

Tornando-nos já participantes da alegria celeste, saboreando e alimentando-nos com o Pão vivo, Corpo do Senhor Vivo e ressuscitado. Oh inextinguível amor, quiseste tornar-Te nosso alimento e companheiro de viagem, fica connosco Senhor, pois aquém iremos nós, só Tu tens palavras de vida eterna.

Por Cristo, com Cristo, em Cristo, assim se deve definir a missão e a vida do cristão, configurado com Cristo, todo o seu ser proclamará as maravilhas do Senhor.

Por Cristo, pois é em seu nome que anunciamos o Seu Evangelho, a Boa Nova, e manifestamos aos irmãos a bondade e a misericórdia do Senhor, Ele que é o Salvador do mundo.

Com Cristo, porque Ele não nos deixa sós «para onde eu vou vós não podeis ir por agora», Eu vou à vossa frente para vos preparar uma morada na casa de meu Pai, no entanto quando partir, o Pai enviar-vos-à o Paráclito, pois Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos. Não temeis o Espírito Santo fará em vós maravilhas, Ele que Espírito de Verdade, da Fortaleza, da Sabedoria. «Se permanecerdes fiéis, as vossas obras serão maiores que as minhas».

Em Cristo, cabeça da Igreja Peregrina – fundada sobre o apóstolo Pedro, que questionado pelo Senhor, por três vezes; «Simão, filho de João, tu amas-Me?» lhe responde: «Senhor, bem sabes que Te amo.» Então Jesus acrescentou: «Apascenta as minhas ovelhas» (Cf. Jo 21, 13-19). – cujo corpo somos todos nós, que fomos baptizados em Cristo, o Senhor diz-nos «Segue-me»! Preciso de ti.

Será possível, no mundo de hoje acolher esta mensagem? Certamente que sim! E exemplo disso foi o nosso amado Santo Padre João Paulo II, que recordo, recordamos, com saudade. Ele que foi Cristo na Terra!!!

Ele deu-nos o exemplo máximo de humildade e de serviço – Servo dos servos – a Deus e a toda a Santa Igreja, esposa de Cristo. Em Cristo encontrou força e amparo para a difícil missão de «Pescador de homens», nos braços maternos de Maria encontrou conforto, a ponto de afirmar convictamente “foi uma mão materna a guiar a trajectória da bala, permitindo que o Papa agonizante se detivesse no limiar da morte[i]”.

Apresentou-nos Maria como exemplo de Vida, contemplando o rosto de Cristo e da Igreja, no seu olhar meigo e maternal, viu reflectidas as palavras de Jesus na Cruz: «Mulher, eis teu filho, filho eis tua Mãe».

Maria, Mater Eclesia, caminho que nos conduz a Deus, disse um dia João Paulo II.

 

Um bom dia nos dê Deus,

Bruno

 



[i] AURA MIGUEL, O segredo que conduz o Papa.

Selinho


Este selinho foi oferecido pela Soraia do blog So artes mimos e promoções e eu ofereço aos blogues que estou a acompanhar :)


Obrigada Soraia.


Bjinhos e abraços para todos,

sábado, 20 de março de 2010

E está a chegar a...


E está a chegar a Primavera!!!!

Apesar do vento e da chuva, a 20 de Março (Equinócio no Hemisfério Norte) às 17:32h chega a Primavera! O que significa que hoje, o dia e a noite têm a mesma duração (12 horas).

quinta-feira, 18 de março de 2010

Peniche - Fátima (6 a 9 Abril)...

De Peniche a Fátima com Maria no Coração...

Aproximadamente 100 km (via Google Maps) separam Peniche da Cova da Iria...






terça-feira, 16 de março de 2010

Reflexão Quaresmal...

Estamos a caminho da Páscoa e já falta pouco para esse grande acontecimento. Todos os anos a Igreja propõe-nos este tempo de reflexão e conversão do coração para celebrar com alegria a Páscoa do Senhor.

Mas não celebramos somente a Páscoa do Senhor, é também a nossa Páscoa que celebramos. Recordamos a morte e ressurreição de Cristo (segundo a Carne), a Sua passagem da morte para a Vida. Neste acontecimento também está a nossa Páscoa, a passagem da morte e do pecado para a vida da graça de baptizados, membros e filhos da Igreja.

Este tempo que deve ser de conversão, assemelha-se ao tempo que o agricultor espera entre a sementeira e o rebentar das pequenas plantas, entre o esforço da plantação e o aparecimento dos primeiros frutos. É um tempo que nos é dado para repensar a nossa vida, a forma como temos vivido, como temos aplicado os mandamentos do Senhor, em suma, é uma auto-análise onde podemos voltar atrás de coração arrependido e convertido. Sabemos que o Senhor espera por nós como o Pai espera pelo regresso do filho pródigo, aquele filho que lhe pediu para ter a liberdade, para levar a vida que sempre quis sem ter ninguém a incomodar. Sem se importar com os outros, ouvindo apenas os seus vícios e desejos e que quando as dificuldades lhe batem à porta, toma consciência da vida mundada, de pecado e dor e caindo em si, vê que o melhor é voltar à casa do pai.

E como é grande a alegria do pai quando vê o seu filho regressar, ele que sempre esperou e que sai ao seu encontro, sem se preocupar com o que o filho lhe tem para dizer, isso agora não importa, o que interessa é que o filho «que estava morto» voltou à vida. E como prova de amor ordena aos criados que ponham um anel no dedo (sinal de que pertence à família) e que lhe calcem umas sandálias (sinal de que não é escravo, mas filho) e que se faça festa porque o filho regressou a casa.

Ainda vamos a tempo de mudar o rumo das nossas vidas e não sabemos se nos vai ser oferecida uma nova Quaresma, por isso devemos aproveitar este tempo para escutar a voz do Senhor, para abrir o coração à Sua voz, para dar atenção a quem connosco se cruza na rua e a quem muitas vezes viramos a cara só para não ter de cumprimentar ou enfrentar.

Para mim, esta Quaresma tem um significado especial, enquanto me preparo para a Páscoa, preparo-me também para ir em peregrinação a pé ao Santuário de Fátima. Sei de antemão que o caminho não será fácil, mas o que é a nossa vida senão um peregrinar? Ir até Fátima e rezar aos pés da Mãe, agradecer-lhe tantas coisas que Ela por meio de Seu Filho me tem concedido é antes de mais um acto de gratidão e amor.

Sinal de gratidão é também a visita do Sumo Pontífice em Maio a Portugal, de tantos países que existem no mundo o Papa escolheu Portugal para visitar, como Sucessor do Apóstolo Pedro que vem confirmar na fé a Igreja Lusitana. Aproveitemos esta visita para fortalecer a nossa fé, que ela se torne sólida como uma rocha e que enfrentando os problemas do mundo possamos ser testemunhas da Ressurreição.

Um santa Quaresma para todos,

Bruno Correia
MEC #5547

sábado, 13 de março de 2010

sexta-feira, 12 de março de 2010

Promoção Viva a Primavera...


Bom dia, venho dar-vos a conhecer (se é que alguém que ainda não conhece!) a promoção que a Soraia lançou para comemorar o 2º mês de existência do seu blog.São imensos presentes e todos lindos, passem por lá e confirmem.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Vivaldi...

Fez ontem, 04 de Março, 332 anos que nasceu Antonio Vivaldi, compositor e autor de várias obras, entre elas "As Quatro estações".

quinta-feira, 4 de março de 2010

Caldeirada...

Ontem o jantar foi... Caldeirada à pescador!


Aqui fica a receita:
Batatas
Cebolas (q.b.)
Tomate bem maduro
Pimento (verde e/ou vermelho)
3 dentes de alho
2 folhas de louro
um raminho de salsa
Azeite
1 copo vinho branco ou cerveja
sal
picante
1 kg de caldeirada
(alternativa: 2 postas de red fish, 2 postas de raia, 2 de cação, 2 sardinhas, 2 postas de safio, 2 postas de maruca, 2 postas de pescada)
(1/2 duzia de camarões, não necessáriamente)
Num tacho, coloca-se a cebola cortada às rodelas, uma camada de batatas às rodelas ou aos cubinhos, o(s) tomate(s) (espremido) ou polpa de tomate, o pimento partido às tiras e os dente de alho migados.
Por cima coloca-se o peixe em camadas, e sobre este mais cebola às rodelas e as folhas de louro.
Tempera-se a gosto e adiciona-se um fio de azeite, um copo de vinho e água.
Deixa-se cozinhar 15 min em lume brando. Coloca-se um raminho de salsa sobre a caldeirada e deixa-se cozinhar mais 5 minutos.

Podem controlar se as batatas já estão cozidas, se estiverem não necessitam de esperar os 15 + 5 minutos.
Bom apetite

quarta-feira, 3 de março de 2010

Caramel Macchiato...


Hoje comecei o dia de forma diferente, fui à Starbucks Coffee no Chiado e deliciei-me com um "Caramel Macchiato"! Muito bom, mesmo.

A companhia também foi agradável...

terça-feira, 2 de março de 2010

Oração #1

Senhor, escuta a voz da minha súplica e oração, liberta-me da escravidão do pecado e da dor. Acolhe-me nos Teus braços e faz-me sentir agradecido pela promessa do Teu Reino, onde serás Tudo em nós…

 

Bruno