Tempos livres

sábado, 26 de junho de 2010

terça-feira, 22 de junho de 2010

E chegou o verão...

O Verão é uma das quatro estações do ano. Neste perído, as temperaturas permanecem elevadas e os dias são longos. Geralmente, o verão é também o período do ano reservado às férias.

O Verão do hemisfério norte é chamado de "Verão boreal", e o do hemisfério sul é chamado de "Verão austral". O "Verão boreal" tem início com o solstício de Verão do Hemisfério Norte, que acontece cerca de 21 de Junho, e início de Outono nesse mesmo hemisfério, por volta de 23 de Setembro. O "Verão austral" tem início com o solstício de Verão do Hemisfério Sul, que acontece cerca de 21 de Dezembro, e finda com o equinócio de Outono, por volta de 20 de Março nesse mesmo hemisfério.
Nos tempos primitivos, era comum dividir o ano em cinco estações, sendo o verão dividido em duas partes: o verão propriamente dito, de tempo quente e chuvoso (geralmente começava no fim da primavera), e o estio, de tempo quente e seco palavra da qual deriva o termo "estiagem". Atualmente usa-se o termo "estio" para um período de seca e também como um sinônimo para verão.

O plural de verão, etimologicamente, é verãos.

O período das férias de verão ou o período em que uma pessoa passa fora de sua casa, geralmente em uma casa de praia, no verão, é conhecido como veraneio.

Fonte: wikipedia.pt

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Fé envergonhada...

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem divulgou esta semana a lista
dos países que vieram em defesa do Estado italiano contra uma sentença
que proíbe os crucifixos nas escolas públicas.

De entre os 47 Estados que compõem o Conselho da Europa, foram apenas 10
os que pediram para se constituírem como parte interessada, ao lado de
Itália. Estes 10 países europeus querem demonstrar os limites do
tribunal, nomeadamente, quando a sua jurisdição cria novos direitos
contra a vontade dos seus Estados membros – neste caso uma imposição do
laicismo numa Nação maioritariamente católica.

Os 10 países europeus que vão a tribunal defender o crucifixo são quase
todos de maioria ortodoxa: Bulgária, Chipre, Grécia, Roménia, Federação
Russa, Lituânia, Arménia. Só três têm tradição católica: Mónaco, São
Marino e Malta.

Afinal, quando se trata de defender publicamente e sem vergonha os
sinais da fé, Portugal ficou para trás. Bento XVI, conta mais com o
apoio de Malta católico (que visitou o mês passado) e com Chipre
ortodoxo (cuja visita inicia hoje).

Aura Miguel - RR.