Tempos livres

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Dia Mundial da Paz...

Celebrou-se no passado dia 1 de Janeiro mais um dia Mundial da Paz. Desde há muitos anos que a Igreja dedica o primeiro dia do novo Ano à reflexão e oração pela Paz. Neste contexto o Papa Bento XVI propôs uma mensagem que se intitulava COMBATER A POBREZA, CONSTRUIR A PAZ. É uma bela mensagem da qual destaco este excerto: «Na Encíclica Centesimus annus, João Paulo II advertia para a necessidade de « abandonar a mentalidade que considera os pobres – pessoas e povos – como um fardo e como importunos maçadores, que pretendem consumir tudo o que os outros produziram ». « Os pobres – escrevia ele – pedem o direito de participar no usufruto dos bens materiais e de fazer render a sua capacidade de trabalho, criando assim um mundo mais justo e mais próspero para todos ».(15) No mundo global de hoje, resulta de forma cada vez mais evidente que só é possível construir a paz, se se assegurar a todos a possibilidade de um razoável crescimento: de facto, as consequências das distorções de sistemas injustos, mais cedo ou mais tarde, fazem-se sentir sobre todos. Deste modo, só a insensatez pode induzir a construir um palácio dourado, tendo porém ao seu redor o deserto e o degrado. Por si só, a globalização não consegue construir a paz; antes, em muitos casos, cria divisões e conflitos. A mesma põe a descoberto sobretudo uma urgência: a de ser orientada para um objectivo de profunda solidariedade que aponte para o bem de cada um e de todos. Neste sentido, a globalização há-de ser vista como uma ocasião propícia para realizar algo de importante na luta contra a pobreza e colocar à disposição da justiça e da paz recursos até agora impensáveis.» (Bento XVI, Mensagem para o Dia Mundial da Paz, 2009, §14)

A Paz depende de todos e de cada um de nós.

A exemplo de São Francisco de Assis, sejamos construtores da Paz...

Sem comentários: