Tempos livres

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Amar e sofrer...

«Quando se pode sofrer e amar
Já se pode muito.
Pode-se o mais que se pode neste mundo.
Sentimos que sofremos;
Nem sempre sentimos que amamos
Mas sabemos que queremos amar;
E querer amar já é amar.


Parece-nos que nunca amamos bastante,


Mas Deus que conhece
O barro de que somos feitos
E nos ama ainda mais que uma mãe ao seu filho
Disse-nos que não havia de rejeitar
Nenhum dos que vêm a Ele».

Carlos Foucauld

Sem comentários: